Três grupos avançaram à Final do Toca Aí e continuam na busca pelo grande prêmio de R$ 5 mil

1 Concurso de Música de Rua Toca Aí do Pátio Metrô São Bento Picanha de Chernobill

A semana foi chuvosa, nublada, pouco convidativa. Mas no sábado o sol finalmente deu o ar da graça – ainda bem! – e apareceu na segunda Eliminatória do 1º Concurso de Música de Rua – Toca Aí, do Pátio Metrô São Bento. O público também veio em peso e contribuiu para um dia especial, embalado por muita música boa.

Bolero Freak, Ôncalo e Duo Choro Livre foram os três classificados para a Final do Concurso, que acontece no dia 18 de agosto, também no Pátio. Antes disso, no dia 11, tem a última Eliminatória.

No último sábado, o júri do concurso foi composto por Chris Keul, que trabalha na Universal Music com gerenciamento de carreira, Lucivaldo Soares, o maestro da Banda dos Seguranças do Metrô, e São Yantó, artista que fechou as apresentações com um pocket show.

O Concurso começou com o nível lá em cima. Com influência do tropicalismo e combinações excêntricas, o grupo Bolero Freak (formado por Renata Versolato, Daniel Lotoy, Abner Paul, Evandro Ferreira, Renato Leite, Thor Moura e Daniel Warshauer) encantou os jurados com suas versões de clássicos da música brasileira. De cara, eles já faturaram 98 das 100 fichas possíveis.

Na sequência, foi a vez do Paulo Novais Trio se apresentar. Acompanhado de Everton Reis na percussão e Oscar Novaes no violão 7 cordas, Paulo Novais, que também é professor de violão, guitarra e bandolim, deu um show de técnica para o público do Pátio e angariou 92 fichas.

Lucia Zorzi fez o terceiro show do dia. Dona de uma voz bela e delicada, ela apresentou suas composições próprias, em português e francês, que tratam de seus sentimentos e acontecimentos cotidianos. O júri curtiu a performance e deu 94 fichas para ela.

1 Concurso de Música de Rua Toca Aí do Pátio Metrô São Bento Lucia Zorzi

O grupo Ôncalo tomou o palco em seguida e jogou o astral do público lá em cima. Formado por ex-alunos de bandas e fanfarras da Zona Leste de São Paulo, o conjunto trouxe versões de artistas famosos da música brasileira, como Tim Maia e Legião Urbana, e levantou a plateia. A performance coreografada empolgou os jurados, que deram 98 fichas ao grupo.

A fanfarra deu lugar ao rock n’roll no Pátio. O grupo Picanha de Chernobill (formado por Chico Rigo, Leonardo Sacramento e Matheus Mendes) fez muito barulho – no sentido positivo! – com seu som autoral, que tem influências de blues, folk e música brasileira de raiz. O público gostou, o júri também, e o trio ficou com 96 fichas.

A sexta atração do sábado foi o Trilha Trio (formado por Carla Raiza no violino e rabeca, Giovani Di Ganzá na percussão e Giancarlo Barletta no violão 7 cordas). Inspirado nos trios nordestinos tradicionais, o grupo apresentou músicas instrumentais autorais, que mesclam referências do cancioneiro popular com sonoridades do cotidiano urbano. O trio levou 85 fichas dos jurados.

1 Concurso de Música de Rua Toca Aí do Pátio Metrô São Bento Trilha Trio

Na sequência, foi a vez de uma das apresentações mais inovadoras do Concurso. Quem tomou o palco foi o Kick Bucket, grupo formado por Thiago Nascimento no saxofone, El Cid Ribeiro no teclado e Bruno Kioshi no bucket drum, que é uma espécie de bateria feita com baldes. A sonoridade do conjunto também é bastante interessante, com influências de jazz, rock, soul, hip hop e techno house. Os jurados entraram no ritmo e deram 97 fichas ao trio.

O conjunto Groove Camaleão (Marco Martins, Maurício Júnior, Gabê Almeida, Pedro Cruz e Abner Phelipe) fez o oitavo show do dia. Versátil, o grupo toca de samba a jazz e inclusive trouxe ao palco um pot-pourri com trilhas sonoras de filmes. A banda empolgou o público e os jurados, que deram 90 fichas.

A penúltima apresentação da Eliminatória foi cheia de amor. O casal de músicos Rafael Reiter (saxofone) e Carol Vicari (piano e vocal) fez uma apresentação muito bonita, mesclando música autoral e hits conhecidos, como Amy Winehouse. Os jurados deram 82 fichas para a dupla.

Coube ao Duo Choro Livre encerrar o dia de audições. E eles fizeram isso em grande estilo! A naturalidade e o entrosamento de Bruno Pássaro e Ítalo Magno (sanfona) ao misturar o chorinho com outros ritmos cativou os jurados, que deram 98 fichas para a dupla, igualando a pontuação do Bolero Freak e do Ôncalo, os três classificados para a Final, marcada para 18 de agosto.

1 Concurso de Música de Rua Toca Aí do Pátio Metrô São Bento Ôncalo

Mas a música do dia não acabou aí! Ao término das apresentações, São Yantó deixou a mesa dos jurados e assumiu o palco. E logo a voz delicada e potente do artista que antes assinava como Lineker ecoou pelo Centro.

Acompanhado de um guitarrista, o cantor fez um show visceral, revisitando canções de seus álbuns antigos e apresentando seu trabalho mais recente, o EP “São Yantó”. Quem passou pelo Largo São Bento não teve como não parar para admirar a performance.

Ainda há mais uma Eliminatória do 1º Concurso de Música de Rua – Toca Aí, que acontece no dia 11 de agosto, das 11h às 16h, e será encerrada com um pocket show do grupo Língua de Trapo. A decisão está marcada para o sábado seguinte, no mesmo horário. O show de encerramento será da Banda dos Seguranças do Metrô.

Confira abaixo a cobertura completa do evento.

Créditos das fotos: Edson Godoy.

Leave a Reply