7 igrejas imperdíveis para conhecer a pé no Centro de São Paulo

By Março 19, 2018História, Roteiro

A religião sempre fez parte da história de São Paulo. Sua fundação, por exemplo, aconteceu porque 12 padres resolveram construir um colégio jesuíta entre os rios Anhangabaú e Tamanduateí. A conclusão da obra e a primeira missa no local ocorreram em 25 de janeiro de 1554, tida como data da fundação. O batismo do povoado também tem motivo religioso: uma homenagem ao apóstolo Paulo de Tarso.
Os templos religiosos não servem apenas para demonstrações de fé, mas também ajudam a contar a história da cidade de São Paulo. Pensando nisso, o Pátio Metrô São Bento fez um roteiro com sete igrejas imperdíveis localizadas no Centro. Confira:

Mosteiro de São Bento

Mosteiro de São Bento. Foto: José Cordeiro. Fonte: SPTuris

 A história do Mosteiro de São Bento, que também é composto pela Basílica Abacial Nossa Senhora da Assunção, pelo Colégio de São Bento e pela Faculdade de São Bento, começa em 1598, quando os primeiros monges beneditinos chegaram a São Paulo. Dois anos depois, eles receberam a autorização para construir uma igreja naquele local, onde antes ficava a taba do cacique Tibiriçá. A pequena capela foi terminada em 1634. Ainda hoje, a abadia conta com imagens de barro de São Bento e Santa Escolástica feitas na época. O mosteiro e a abadia como estão atualmente foram construídos entre 1910 e 1922, inspirados na arquitetura germânica do século XVII. Anos antes, foi incorporado no local o Colégio São Bento e a faculdade de mesmo nome.

Catedral da Sé

Catedral da Sé. Foto: Jefferson Pancieri. Fonte: SPTuris

 A Catedral Metropolitana de São Paulo, ou Catedral da Sé, como é mais conhecida, está localizada no marco zero da cidade de São Paulo. Ela começou a ser construída em 1913, onde havia uma catedral colonial de 1616. A inauguração aconteceu quase 40 anos depois, a tempo das comemorações do Quarto Centenário da cidade de São Paulo, em 1954. No entanto, a conclusão da obra só ocorreu em 1967. Apesar de possuir uma cúpula renascentista, a Catedral da Sé, projetada pelo arquiteto alemão Maximilian Emil Hehl, é considerada o quarto maior templo neogótico do mundo, com 111 metros de comprimento, 46 de largura e duas torres com 92 metros de altura.

Paróquia Nossa Senhora da Consolação e São João Batista

Paróquia Nossa Senhora da Consolação. Foto: AdautoVieira12. Fonte: Tripadvisor

 A igreja começou a ser erguida em 1801, graças a contribuições de devotos da Nossa Senhora da Consolação. Tratava-se de um templo singelo, feitos em taipas. A primeira reforma do local ocorreu em 1840, quando a paróquia ganhou porta principal, cinco janelas, duas torres, duas entradas laterais, largas escadas e a frente do edifício. Em 1909, o alemão Maximilian Emil Hehl, mesmo arquiteto que projetou a Catedral da Sé, foi encarregado de adequar o templo ao estilo arquitetônico da cidade. A Igreja da Consolação demorou décadas para ser construída e só foi finalizada em 1959.

Basílica José de Anchieta

Basílica José de Anchieta. Foto: José Cordeiro. Fonte: SPTuris.

 A Basílica José de Anchieta está localizada no Pátio do Colégio, local onde, em 25 de janeiro de 1554, foi rezada a missa que marcou a fundação da cidade de São Paulo. O prédio original foi construído entre 1554 e 1556. A última reforma ocorreu de 1954 a 1979. Dentro da igreja, há um oratório que abriga as vestimentas e o fêmur do padre José de Anchieta.

Igreja de Santa Ifigênia

Igreja de Santa Ifigênia – Fonte: Arquidiocese de São Paulo

 A Paróquia Matriz Nossa Senhora da Conceição, também conhecida como Santa Ifigênia, começou a ser construída em 1903, no local onde havia uma das capelas mais antigas da cidade, datada de 1720. O projeto foi feito pelo arquiteto austríaco Johann Lorenz Madein e demorou quase uma década para ser completamente executado. Inspirada nas igrejas medievais do norte da Europa, a basílica de estilo neorromântico é composta por duas torres pequenas e uma torre central alta a maciça.

Igreja Nossa Senhora da Boa Morte

Igreja Nossa Senhora da Boa Morte. Fonte: Arquidiocese de São Paulo

 Localizada na Rua do Carmo, perto da Praça da Sé, a igreja foi construída entre 1802 e 1810. Apesar de ter sido reformada algumas vezes, ela ainda preserva o estilo barroco-colonial original. Dizem que o sínodo templo foi o primeiro a badalar no dia 7 de setembro de 1822 para anunciar a Independência do Brasil.

Igreja Evangélica Luterana de São Paulo

Igreja Evangélica Luterana de São Paulo. Fonte: Wikipedia

 Construída entre 1907 e 1909 nas proximidades do Largo Paiçandu, a igreja projetada por Guilherme von Eÿe foi o primeiro templo no estilo neogótico da cidade. A Catedral da Sé, cujo início de obras aconteceu alguns anos depois, seguiu o mesmo movimento arquitetônico. No início do século XX, o local era um ponto de encontro da comunidade alemã em São Paulo.

 

Imagem de destaque: Basílica José de Anchieta
Foto: José Cordeiro. Fonte: SPTuris.

O Pátio Metrô São Bento é um empreendimento comercial em implantação no Largo São Bento, bem aos pés do Mosteiro São Bento. O espaço contará com opções de gastronomia, varejo e serviços, sempre com o objetivo de simplificar a vida de quem frequenta a região. Nós sabemos da importância do lugar onde estamos e sempre buscamos valorizar a cultura e a história daqui.

Leave a Reply